– PALAVRAS SOLTAS

 

ENTRE A FANTASIA

A REALIDADE SEMINUA

DESCALÇA

APONTA SEI LÁ O QUE

TALVEZ A PORTA

TALVEZ A RUA

OU A PORTA DA RUA.

SERÁ QUE EXISTE ARESTA?

OU UMA FRESTA?

DE ONDE VIRÁ O RAIO DE SOL?

ARDÊNCIA

QUERÊNCIA

PAIXÃO.

VÁ MAIS ALÉM

VEM CÁ TAMBÉM

AQUI ESTÁ O HOMEM

SUA LONGA NOITE

NEM SEMPRE NATAL

NEM SEMPRE PRÍNCIPE

MAS AQUI ESTÁ E

LÁ LONGE

NAS ENTRANHAS DO SER

TOCAM CORDAS

DESAFINADAS DE UM CORAÇÃO.

 

Dezembro de 1988.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: